Introdução Linguagem de programação e Banco de dados

Olá galera, tudo bem?

Hoje abordarei sobre os assuntos linguagem de programação e banco de dados, obtendo uma introdução neste contexto, para assim poder entender com maior clareza  o que é, para que serve e assim chegar a alguma conclusão sobre estes dois interessantíssimos assuntos.

Pois bem, vamos começar?

Linguagem de programação é uma forma, um método padronizado para comunicar instruções para um computador.

É um conjunto de regras sintáticas e semânticas utilizadas para definir um programa de computador.

Permitindo assim que um programador especifique quais ações devem ser realizadas, como estes dados serão armazenados e como estas informações serão transmitidas.

Quando nós abordamos quais os modelos de programação que existem, observamos:
  • Programação estruturada;
  • Programação modular;
  • Programação orientada a objetos.
Vamos relembrar-las!?

Programação estruturada é uma forma de programação que indica que os programas possíveis podem ser reduzidos a apenas três estruturas: sequência, decisão e repetição.

Linguagens como : Fortran, Cobol, C e Pascal.

Programação modular é uma forma de programação no qual o desenvolvimento das rotinas de programação é feito através de módulos, que são interligados entre si através de uma interface comum.

Apesar do ponto de vista, os conceitos aplicam-se a uma variedade de outras linguagens, entre elas: C++, C# e Java.

Programação orientada a objetos (POO), é um modelo de programação que baseia-se em conceitos como classes, objetos, herança, etc. Seu objetivo é a resolução de problemas baseada na identificação de objetos e o processamento requerido por estes objetos, e então na criação de simulações destes objetos.

Como: Java, .Net, Ruby e Python.

Bom galera, agora que conversamos um pouco mais sobre o que é linguagem de programação, vamos ver um pouco sobre banco de dados?

Porém antes de explicar o conceito de banco de dados, puxarei um parênteses para SGBD.

SGBD significa: Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados. Ele é um conjunto de programas de computador (softwares) responsáveis pelo gerenciamento de uma base de dados.

Seu objetivo principal é retirar da aplicação cliente a responsabilidade de gerenciar o acesso, a manipulação e a organização dos dados.

Para isso, o SGBD disponibiliza uma interface para que seus clientes possam incluir, alterar ou consultar dados previamente armazenados.

O SGBD é responsável por tudo, salvar os dados no HD, controlar o acesso a informações,

ligar dados e metadados, disponibilizar uma interface para programas, encriptar dados, manter em memória os dados mais acessados,
garantir transações no banco de dados, dentre outros. Logo, sem o SGBD o banco de dados não funciona!

Algo comumente visto são as pessoas chamarem um SGBD de banco de dados, por exemplo: banco de dados Oracle, banco de dados MySQL, banco de dados SQL Server, etc.

Na verdade esses são os SGBDs, banco de dados é o que eles oferecem, o correto é chamá-los de: SGBD Oracle, SGBD MySQL, SGBD SQL Server, etc. A linguagem de acesso aos dados é a mesma, o SQL (Structured Query Language).

SGBD é classificado por 3 modelos: 
  1. HIERÁRQUICO
  2. REDE 
  3. RELACIONAL
Atualmente o modelo relacional é um padrão seguido, praticamente por todos os formecedores de SGBD do mercado, Dentre os quais destacam-se: ORACLE,
SYBASE, MYCROSOFT (SQL SERVER e ACCESS), INFORMIX e IBM DB/2.

Bom galerinha, é isso. Se eu comentar mais sobre ambos os assuntos não poderia considerar uma introdução. rs.

Agora você já sabe um pouco mais sobre linguagem de programação e banco de dados!

Até o próximo post! o/


Thallita Celeste

Olá! Sou Thallita, fundadora do blog ThallitaCeleste. Sou Analista de segurança, com fome de conhecimento e grande vontade de ajudar as pessoas ao redor. Aqui, tento manter meu histórico sobre diversos temas. Bem, seja Bem Vindo ao meu Blog! Espero que goste. o/

Nenhum comentário:

Postar um comentário